Última hora

Buscas para encontrar avião da Malaysia Airlines entram numa nova fase

Buscas para encontrar avião da Malaysia Airlines entram numa nova fase
Tamanho do texto Aa Aa

Afinal, o Boeing 777 das linhas aéreas da Malásia que desapareceu, no início de março, não se despenhou na zona do sul do Oceano Índico onde foram detetados sinais acústicos.

Pelo menos é o que garante o Centro de Coordenação Internacional de Buscas, criado na Austrália, que deu por concluída a missão subaquática em curso desde o início de abril.

Da marinha norte-americana chegam informações contraditórias. Algumas fontes confirmam a versão do Centro de Buscas, outras defendem que é prematuro excluir qualquer possibilidade.

Certo, é que as operações vão continuar. A ideia é definir uma nova área de buscas com base em informações, entretanto, recolhidas.

O avião com 239 pessoas a bordo, desapareceu dos radares a 08 de março quando fazia a ligação entre Kuala Lumpur e Pequim.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.