Última hora
This content is not available in your region

Conquista do Evereste celebra 61 anos

Conquista do Evereste celebra 61 anos
Tamanho do texto Aa Aa

Foi há exatamente 61 anos que o Evereste foi conquistado pela primeira vez pelo neozelandês Sir Edmund Hillary e pelo sherpa Tenzing Norgay.

Os dois homens abriram a via para mais de 5600 alpinistas que, desde então, chegaram ao topo da mais alta montanha do mundo.

Centenas de pessoas desfilaram pela capital do Nepal, Katmandu, para assinalar o aniversário.

Entre os participantes, encontrava-se o único membro da expedição inaugural de 1953 ainda em vida.

Hoje com 81 anos, Kancha Sherpa explica que, em 1953, conseguiu “alcançar o último campo, mas não o topo” e acrescenta que a equipa da expedição contava com “15 guias sherpas e 16 estrangeiros”, mas que “já morreram todos” à excepção dele.

O aniversário também foi a ocasião para lembrar os 16 guias nepaleses que perderam a vida na avalanche do dia 18 de Abril perto do campo de base do Evereste. Uma tragédia que levou os sherpas a boicotarem temporariamente as expedições, obrigando à intervenção do governo.