Última hora

A Google vai "esquecer"

A Google vai "esquecer"
Tamanho do texto Aa Aa

A Google vai permitir que os utilizadores possam filtrar as informações pessoais que aparecem no motor de busca. O chamado “direito ao esquecimento” vai ser posto em prática na Europa, através de um formulário online. Qualquer pessoa pode então solicitar que sejam removidos dados que não pretende ver acessíveis.

No entanto, o alcance desta medida é ainda experimental. A Google vai criar um comité para assentar quais os critérios que podem ser efetivamente apagados, uma vez que ainda não é totalmente claro. Sabe-se que serão tidos em consideração a atualidade dos dados, por exemplo, o interesse público e se configuram ou não registos de atividades criminosas.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.