Última hora
This content is not available in your region

Violência no Iraque provoca escalada do preço do petróleo

Violência no Iraque provoca escalada do preço do petróleo
Tamanho do texto Aa Aa

A iminência de uma guerra civil no Iraque fez disparar o preço do petróleo para um máximo de nove meses. A matéria-prima subiu tanto em Londres, mercado de referência para as importações nacionais, como em Nova Iorque.

O barril de brent ultrapassou na quarta-feira a barreira dos 114 dólares e esta quinta-feira negociava acima dos 115 dólares… No início do mês encontrava-se abaixo dos 109 dólares.

Nos mercados imperam os receios de que a oferta da matéria-prima possa ser prejudicada pela violência no Iraque, onde na quarta-feira os rebeldes sunitas atacaram a principal refinaria do país. os analistas preveem que o preço do petróleo continue a escalada…

“Iraque é um dos mais importantes exportadores e produtores. É agora o número 2 dentro da OPEP antes do Irão. Até uma pequena redução da produção vai ter um impacto enorme na produção de petróleo e alguns analistas preveem que atinja os 125 dólares, até os 150 dólares por barril”

Com receio de uma guerra civil, as petrolíferas estrangeiras começaram a retirar pessoal do Iraque. A Exxon Mobil ordenou a grande parte dos seus funcionários que abandonassem o país. A mesma ordem deu a BP a 20% dos empregados.