Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Sarajevo marca 100 anos do assassinato que desencadeou a I Guerra Mundial

Sarajevo marca 100 anos do assassinato que desencadeou a I Guerra Mundial
Tamanho do texto Aa Aa

Sarajevo assinala hoje os 100 anos do assassinato que desancadeou a Primeira Guerra Mundial.

O concerto da Orquestra Filarmónica de Viena, na restaurada Câmara Municipal da capital da Bósnia, é o ponto alto de um programa que inclui eventos culturais financiados pela União Europeia.

As autoridades sérvias rejeitaram o convite. O presidente da Câmara de Sarajevo disse que “aqueles que recusaram de forma flagrante estar presentes não demonstraram a sua atitude em relação ao passado, mas sim face ao futuro da região”.

Os sérvios da Bósnia decidiram marcar a data separadamente, celebrando a figura do jovem nacionalista Gavrilo Princip, que matou a tiro a 28 de Junho de 1914 o arquiduque Francisco Fernando, herdeiro do trono austro-húngaro, e a esposa.

Um episódio que continua a dividir os balcãs e impossibilita dois povos de assinalarem conjuntamente um momento marcante da História do velho continente.