A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Repressão em Hong kong

Repressão em Hong kong
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A polícia de Hong Kong prendeu pelo menos 511 manifestantes nesta quarta-feira depois de dezenas de milhares de pessoas terem participado num enorme protesto pacífico em prol da democracia. Devolvida à China em 1997, a ex-colónia britânica funciona com o estatuto de região administrativa especial e goza de um elevado grau de autonomia e liberdade civil.