Última hora
This content is not available in your region

Reino Unido: Governo investiga alegada rede de pedofilia em Westminster nos anos 80

Reino Unido: Governo investiga alegada rede de pedofilia em Westminster nos anos 80
Tamanho do texto Aa Aa

O governo britânico anunciou que vai investigar as acusações de abusos sexuais contra menores cometidos por deputados nos anos 80 e os erros institucionais na proteção de menores.

Para liderar a investigação à alegada rede de pedofilia em Westminster foi designado Peter Wanless, diretor da Sociedade Nacional para a Prevenção da Crueldade contra as Crianças.

O objetivo será indagar se o Ministério do Interior respondeu adequadamente a um dossiê que lhe foi facultado em 1983 pelo deputado conservador Geoffrey Dickens, e que foi dado como desaparecido pelas autoridades.

“Fiz saber que quero que o trabalho reflita três princípios – que a nossa prioridade é a acusação das pessoas que cometeram esses crimes hediondos; que sempre que possível e de forma consistente com a acusação haverá máxima transparência e que sempre que tenha havido falhas na proteção das crianças contra os abusos essas falhas serão expostas”, disse Theresa May, ministra do Interior.

As alegações relativas à existência de uma rede de pedofilia envolvendo membros do Governo surgiram pela primeira vez na década de 80 e reemergiram em 2012, na sequência do escândalo que implicou o antigo apresentador da BBC Jimmy Savile, falecido em 2011.

Uma investigação a abusos sexuais alegadamente cometidos por celebridades resultou nas recentes condenações do ex-apresentador australiano Rolf Harris, uma das estrelas da televisão no Reino Unido durante na década de 60, e do guru das relações públicas e marketing Max Clifford.