A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Trégua frágil na Faixa de Gaza

Trégua frágil na Faixa de Gaza
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Militantes palestinianos dispararam três roquetes da Faixa de Gaza para o território israelita sem provocar vítimas, comprometendo a suspensão das hostilidades.

A trégua entre o Hamas e Israel, humanitária e temporária, interrompe nove dias de bombardeamentos com um resultado sangrento, 215 palestinianos e um israelita mortos.

O cessar-fogo de cinco horas foi pedido pelas Nações Unidas por razões humanitárias e aceite pelo Hamas, grupo que controla a Faixa de Gaza.
Poucas horas antes da aceitação de tréguas um navio de guerra lançou vários ataques que mataram quatro crianças e deixaram uma outra em estado grave.

Um primeiro ataque atingiu uma barraca de pescadores, uma das crianças morreu no local. As restantes pusaram-se a correr mas foram apanhadas pelas explosões, as que sobreviveram estão em estado do choque.