A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Costa Concordia chega ao fim da linha

Costa Concordia chega ao fim da linha
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Já está no porto de Génova o Costa Concordia, o local onde o navio será desmantelado.
Foram precisos cerca de quatro dias para que a embarcação fizesse o percurso entre a ilha de Giglio, o local onde naufragou, até ao seu destino final. O custo total deste resgate, suportado pelo armador Costa Crociere, é de cerca de 1,5 mil milhões de euros.

O Primeiro-ministro italiano esteve no local e congratulou-se com o desfecho da operação:

“É um sucesso extraordinário da engenharia, ainda que não faça esquecer o que aconteceu nem devolva, ao seu estado original, o navio para o qual parecia não haver esperança e que comportava um potencial de perigo para o ambiente”.

É o fim da linha para o navio de cruzeiro, duas vezes maior do que o Titanic, que naufragou em janeiro de 2012. Trinta e duas pessoas morreram, um dos corpos nunca foi recuperado.

O comandante está a ser julgado, por homicídio qualificado e abandono do navio.