Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

FED deve reduzir estímulos e manter a política monetária dos EUA inalterada

FED deve reduzir estímulos e manter a política monetária dos EUA inalterada
Tamanho do texto Aa Aa

Arranque da reunião da Reserva Federal (FED) norte-americana na véspera de serem conhecidos, na quarta-feira, vários indicadores, incluindo a primeira estimação para o crescimento do PIB da maior economia do mundo no segundo trimestre de 2014. Um crescimento que os peritos estimam seja superior a 3%.

Os analistas esperam que a FED anuncie uma nova redução no programa de estímulos em que o Banco Central passará a comprar por mês 25 mil milhões de dólares em obrigações do tesouro, em vez dos atuais 35 mil milhões.

A política monetária deverá manter-se inalterada, com taxas de juro perto do zero.