Última hora

"L'Unità": O jornal que sobreviveu ao fascismo mas não resistiu a um desentendimento entre acionistas

"L'Unità": O jornal que sobreviveu ao fascismo mas não resistiu a um desentendimento entre acionistas
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Fundado há 90 anos por Antonio Gramsci, um dos pais do comunismo em Itália, o jornal “L’Unità” sobreviveu ao fascismo, na clandestinidade, mas não resistiu agora a um desentendimento entre os acionistas. O diário, que entretanto passou para a mão de privados, tem acumulado perdas nos últimos anos. As vendas caíram para 20 mil exemplares e foi decidido suspender a publicação já a partir desta sexta-feira.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.