Última hora

Parlamento ucraniano rejeita demissão do Primeiro-ministro

Parlamento ucraniano rejeita demissão do Primeiro-ministro
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Parlamento ucraniano rejeitou a demissão apresentada pelo Primeiro-ministro. Eram necessários 226 votos mas apenas 16 deputados votaram a favor, os deputados pretendem evitar que o país caia numa nova crise política.

O chefe do executivo tinha anunciado a sua demissão e dissolução da coligação governamental no passado dia 24, na sequência da grave crise económica e do conflito armado com os separatistas pró-russos, que parece não ter fim à vista. Na altura o chefe do executivo alegou o bloqueio às iniciativas governamentais como motivo para esta decisão.O Primeiro-ministro tinha solicitado mudanças no orçamento para compensar receitas menores do que o esperado e o aumento da despesa

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.