Última hora
This content is not available in your region

Aumento dos preços dos alimentos agrava inflação turca

Aumento dos preços dos alimentos agrava inflação turca
Tamanho do texto Aa Aa

A inflação na Turquia voltou a acelerar devido ao aumento dos preços dos alimentos. A taxa anual subiu em Julho para 9,3%, face aos de 9,1% no mês anterior.

A alta inflação tem levado o governo de Recep Erdogan a pressionar o Banco Central para cortar a taxa de juro de forma mais agressiva e, assim, aumentar o dinamismo da economia, uma das que mais cresce a nível mundial.

O economista Cemil Ertem refere que “quando comparamos a economia turca com a da União Europeia e com a do resto do mundo, podemos dizer que a Turquia está relativamente em melhor forma. Mas, por outro lado, as dívidas do setor privado, o défice público e o desvio na meta para a inflação são preocupantes para muitos analistas. Existem diferentes pontos de vista e alguns são muito negativos”.

O sucesso económico da Turquia na última década tornou-se um trunfo político para Erdogan que, depois de três mandatos como primeiro-ministro, concorre às eleições presidenciais de 10 de agosto.

Mas a recente instabilidade política e escândalos de corrupção afetaram a credibilidade da moeda e levaram a uma fuga dos investidores estrangeiros.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.