A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Que terá dito Putin na Crimeia?

Que terá dito Putin na Crimeia?
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

No segundo dia da visita à Crimeia, era aguardado com expectativa um discurso de Vladimir Putin, agendado para a manhã desta quinta-feira, mas que acabou por não se realizar. À tarde, o presidente russo falou, mas as imagens chegaram sem som às redações.

Sem possibilidade de ouvir Putin de viva voz, restam os relatos do discurso que surgiram na agência Reuters e nos órgãos sob controlo do Kremlin. Segundo estes, Putin colocou alguma água na fogueira da crise que o opõe ao Ocidente ao afirmar que a Rússia não está em busca de uma “guerra ou qualquer tipo de confrontação”. Mas, simultaneamente, terá também garantido que a Crimeia é inseparável da Rússia e que a sua anexação é irrevogável.