A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Israel mata 3 dirigentes do Hamas

Israel mata 3 dirigentes do Hamas
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Três altos dirigentes do braço armado do Hamas foram mortos num raide aéreo levado a cabo por Israel na Faixa de Gaza.

As Brigadas Ezzedine al-Qassam identificaram as três vítimas como os comandantes Mohammed Abou Chamala, Raëd al-Atar e Mohammed Barhoum – considerados peças-chave de operações como a construção dos túneis ou a captura do soldado israelita Gilad Shalit.

Na véspera, um outro raide visara Mohammed Deif, igualmente alto responsável das Brigadas – mas que os palestinianos garantem continuar vivo, ao passo que mulher e o filho foram mortos durante o ataque.

Com o fim do cessar-fogo, não foram só os raides israelitas que retomaram: os palestinianos voltaram também a lançar roquetes contra Telavive e Jerusalém, intercetados pelo sistema antimíssil Iron Dome.

O braço armado do Hamas ameaçou lançar novamente roquetes sobre o aeroporto internacional Ben Gurion, em Telavive. Ameaça que as companhias aéreas não levaram a sério. O tráfego aéreo continuou como habitualmente.