A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

O Plano Merkel de Petro Poroshenko

O Plano Merkel de Petro Poroshenko
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Angela Merkel está, desde esta manhã, em Kiev. A chanceler alemã foi recebida pelo Presidente ucraniano que, em conferência de imprensa, falou do Plano Merkel, uma alusão ao Plano Marshall. Petro Poroshenko quis frisar o apoio da Alemanha ao país e o empenho da chanceler alemã em encontrar uma solução para a crise. A Alemanha vai tratar nos seus hospitais soldados ucranianos feridos.

O Chefe de Estado ucraniano garantiu ainda que Ucrânia e União Europeia estão coordenadas e de acordo e que isso se verá no encontro do próximo dia 26, em Minsk, no qual participará o Presidente russo.

Merkel falou de descentralização, de dar poder às diferentes regiões, mantendo a identidade de cada uma delas. A chanceler alemã afirmou que a anexação da Crimeia foi um erro mas que a via do diálogo é a melhor forma de alcançar a paz. Merkel diz que, para que isso se concretize, é necessário um acordo entre OCDE e Rússia sobre a monitorização das fronteiras.