A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Donetsk: Estação de caminhos de ferro afetada por bombardeamentos

Donetsk: Estação de caminhos de ferro afetada por bombardeamentos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Enquanto persiste o braço de ferro na Ucrânia, a violência ganha terreno.

Em Donetsk, bastião dos separatistas pró-russos, várias bombas explodiram esta sexta-feira, atingindo uma estação de caminhos de ferro e reduzindo a cinzas um autocarro nas imediações.

Ao que tudo indica há registo de pelo menos quatro feridos.

Por outro lado, um vídeo amador já com alguns dias, mas agora divulgado, mostra o que parece ser um tanque russo, supostamente no leste da Ucrânia.

Mais uma suspeita de que Moscovo possa estar a fornecer armamento aos rebeldes, pelo menos de acordo com os analistas.

“O elemento crucial sobre este tipo de tanque é que estimamos que atualmente não é utilizado a não ser pelo Exército russo. Nunca foi exportado e não poderá ter sido herdado por uma República Soviética, uma antiga República Soviética como a Ucrânia”, diz Joseph Dempsey, do Instituto Internacional de Estudos Estratégicos.

Moscovo continua a negar o apoio aos rebeldes pró-russos que declararam a independência em duas províncias do leste da Ucrânia.