Última hora

Maradona sem "mão de Deus" no "Jogo pela Paz" do Papa Francisco

Maradona sem "mão de Deus" no "Jogo pela Paz" do Papa Francisco
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Papa Francisco recebeu no Vaticano antigas e atuais estrelas do futebol mundial antes do “Jogo inter-religioso pela Paz”, uma iniciativa apadrinhada pelo Sumo Pontífice, que reuniu campeões de diferentes latitudes e religiões.

Maradona ofereceu a Francisco uma camisola com o número 10 da seleção argentina. Depois, o antigo astro do futebol entrou no Estádio Olímpico de Roma para defender as cores da “Scholas”, uma rede mundial de escolas. Este projeto foi lançado pelo Papa para promover a inclusão social e a “cultura do encontro” através da arte, da tecnologia, do desporto e da educação.

Apesar dos 53 anos, Maradona jogou os 90 minutos frente à equipa da Fundação Pupi, uma associação de caridade dirigida por Javier Zanetti, antiga estrela do Inter de Milão.

O Papa não assistiu ao jogo. Os amigos de Zanetti acabaram por vencer o encontro por 6-3. As receitas da partida revertem para as duas organizações.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.