Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Derrame de petróleo pode custar mais $18.000.000.000 à BP

Derrame de petróleo pode custar mais $18.000.000.000 à BP
Tamanho do texto Aa Aa

O acidente na plataforma Deepwater Horizon, no Golfo do México, em abril de 2010, pode vir a custar à BP mais 18.000 milhões de dólares, perto de 14.000 milhões de euros.

A petrolífera britânica foi considerada culpada de “negligência grave” no pior derrame de petróleo da História dos Estados Unidos da América. O montante da multa ainda não foi estabelecido, mas a BP já informou que irá recorrer da decisão.

Para o procurador-geral dos Estados Unidos, “este caso (…) é mais um passo significativo nos esforços contínuos do Departamento de Justiça para conseguir justiça neste desastre”. Eric Holder está confiante que a decisão “irá ser um forte elemento dissuasor para quem esteja tentado a sacrificar a segurança e o ambiente em busca de lucro”.

O tribunal de Nova Orleães, no Louisiana, também considerou que a “conduta da BP foi irresponsável” e sugeriu que a explosão, que matou 11 funcionários, podia ter sido evitada.

O processo cível deve ser retomado no início de 2015 para determinar quanto petróleo foi derramado. Quase 5 milhões de barris, segundo a acusação.

A maré negra já custou à BP mais de 20.000 milhões de euros entre indemnizações e operações de limpeza.