A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Cinema europeu brilha em San Sebastian

Cinema europeu brilha em San Sebastian
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

John Malkovich, Viggo Mortensen, Alberto Rodriguez, Willem Dafoe e Antonio Banderas na lista das estrelas internacionais que desfilaram na passadeira vermelho, este ano, no Festival Internacional de Cinema de San Sebastian.

Denzel Washington, recebeu o Prémio Donostia, um reconhecimento pela sua carreira, nesta sexagésima segunda edição do festival: “Não falo espanhol, mas o meu coração é espanhol. Quero agradecer a todos por apreciarem o trabalho que tenho vindo a desenvolver ao longo dos anos”.

O ator apresentou, “The Equalizer”, a última obra de Antoine Fuqua. Interpreta um ex-agente da CIA que decide começar uma vida nova. Conhece uma jovem, na mão de um um grupo de gangsters russos, e não consegue ficar de braços cruzados.

Dezassete realizadores em competição este ano pela Concha de Ouro. O cinema espanhol também está fortemente representado nesta edição: “O principal objetivo do festival é dar um bom panorama do melhor e mais diversificado cinema mundial. Mas também queremos consolidar a indústria do cinema e todas as atividades relacionadas, como o fórum de coprodução entre a Europa e América Latina. Pretendemos também que este festival seja uma porta aberta para a Europa,para obras de alta qualidade da América Latina. E, claro, mostrar as mais recentes produções cinematográficas espanholas,” diz Jose Luis Rebordino.

“La isla mínima” “ é um dos filmes espanhóis na secção oficial. Realizado por Alberto Rodriguez, o filme gira em tornos de dois polícias que são enviados para uma aldeia remota nos pântanos do Guadalquivir, para investigar o desaparecimento de dois adolescentes.

“Um filme mexicano e um venezuelano foram os grandes vencedores do festival do ano passado. Desta vez, alguns dos melhores realizadores do” Velho Continente” vão tentar fazer o cinema europeu brilhar, em San Sebastian”, conclui Carlos Marlasca, o enviado da euronews ao festival.