A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

França de luto pela decapitação de Hervé Gourdel

França de luto pela decapitação de Hervé Gourdel
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os habitantes de Saint-Martin-Vésubie, no departamento dos Alpes Marítimos, ainda estão a digerir a notícia. Hervé Gourdel, o homem que aí fundou uma agência de guias de montanha, foi decapitado por um grupo ligado ao Estado Islâmico.

As bandeiras estão recolhidas e as homenagens sucedem-se por todo o país. Os residentes da terra adotada pelo guia de montanha de 55 anos realizaram um minuto de silêncio.

“Hoje as montanhas, a França e a humanidade estão de luto. Portanto, foi importante para nós estar aqui hoje”, afirmou uma cidadã.

Também na Argélia, país onde Hervé foi raptado no domingo, o cidadão francês foi recordado, com uma mensagem muito clara. “O Islão é inocente em relação a estas mortes. O Islão é uma religião de paz. Isto é muito triste”, lamentou Kamal, residente em Tizi Ouezou.

Também em Paris, a comunidade muçulmana vai homenagear o refém assassinado, com uma concentração na sexta-feira.