A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

O princípio do fim do Muro de Berlim aconteceu há 25 anos

O princípio do fim do Muro de Berlim aconteceu há 25 anos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Praga, então capital da antiga Checoslováquia, foi um dos principais palcos, no verão de 1989, do início do fim do Muro de Berlim, cuja queda é o símbolo principal da reunificação da Alemanha. A embaixada da RFA (República Federal da Alemanha) naquela agora capital checa, assim como noutras para onde lhes era permitido circular se conseguissem visto, foi destino de muitos alemães de leste, cansados do governo de Berlim e ávidos de um salto para o progresso que teimava em não ultrapassar o muro que isolava o leste germânico.

A 30 de setembro de 1989, após uma série de reuniões ao mais alto nível, pressionados por outros governos e pela crescente redução de condições sanitárias nas áreas circundantes das embaixadas da Alemanha ocidental, o ministro dos negócios estrangeiros da Alemanha de Leste, Hans-Dietrich Genscher, tentou anunciar a abertura das fronteiras. Tentou, mas nem chegou a acabar. Ansiosa pela autorização, a população libertou as emoções há muito contidas e abafou o discurso do diplomata.

“Do nosso ponto de vista, foi um sonho tornado realidade. Era algo com que muitos sonhávamos na Alemanha. Tanto na parte de leste como na ocidental”, recordou Rolf Mahlke, um antigo refugiado na Alemanha de leste, que regressou esta semana ao edifício da embaixada da antiga RFA em Praga.

As embaixadas da Alemanha Federal eram, na altura, o refúgio procurado pelos muitos alemães de leste que procuravam a fuga. A autorização para viajar para os alemães de leste aproximou as duas Alemanhas. A 9 de novembro de 1989, o muro de Berlim que separava os dois países começou a cair e em outubro do ano seguinte a reunificação foi oficializada.