Última hora
This content is not available in your region

Bombardeamentos britânicos atingem alvos do ISIL no Iraque

Bombardeamentos britânicos atingem alvos do ISIL no Iraque
Tamanho do texto Aa Aa

A força aérea britânica destrui, nos últimos dois dias, quatro alvos do ISIL, o grupo autoproclamado Estado Islâmico, no Iraque.

Os aviões descolam de uma base britânica, situada na ilha de Chipre, para assistir as tropas governamentais iraquianas no combate contra o ISIL.

“A ameaça do ISIL afeta-nos a todos. Vencer esta ameaça exige uma abordagem inteligente e paciente por parte dos países da coligação que estão juntos contra o ISIL. Neste quadro, os aviões Tornado GR4 da Royal Air Force , aquartelados aqui na base de Akrotiri, participaram e continuarão a participar no esforço da coligação para destruir o ISIL”, garante Chaz Kennett, comandante da base.

Desde sábado – poucas horas depois de o Reino Unido se juntar a coligação, liderada pelos Estados Unidos -, que os aviões britânicos começaram a combater no Iraque.

Mas Londres não prevê o envio de tropas terrestres para o terreno, como se depreende das palavras do primeiro-ministro, David Cameron, durante a conferência dos conservadores, em Birmingham: “Enquanto estou aqui a falar, há homens e mulheres ao serviço do Reino Unido a voar nos céus do Iraque. Ontem, viram ação no terreno. E vai haver tropas na linha da frente. Mas serão tropas iraquianas, curdas e sírias que lutarão pelo futuro seguro e democrático que merecem.”

Desde agosto que o Reino Unido tem seis jatos Tornado estacionados em Chipre, antiga colónia britânica na qual mantém duas bases militares.