Última hora

Cultivo legal de canábis seduz agricultores italianos

Cultivo legal de canábis seduz agricultores italianos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Depois de o governo italiano ter autorizado um laboratório militar a produzir canábis com fins medicinais, cada vez mais agricultores querem também produzir legalmente a droga.

Por enquanto, o único autorizado a cultivar plantas de cânhamo com uma concentração da substância ativa (THC) superior à permitida é o cientista Gianpaolo Grassi, que cultiva a planta para fins de investigação, perto de Veneza: “O uso médico tem vantagens, porque bastam alguns miligramas, que podem ser dissolvidos numa bebida ou num doce, para que os efeitos positivos se façam sentir”, diz.

O canábis que vai ser produzido no laboratório militar a partir do próximo ano vai ser usado em medicamentos contra a esclerose múltipla e outras doenças.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.