Última hora
This content is not available in your region

Exército israelita dispersa manifestação palestiniana em Jerusalém

Exército israelita dispersa manifestação palestiniana em Jerusalém
Tamanho do texto Aa Aa

Em Jerusalém leste, o exército israelita e um grupo de palestinianos envolveram-se em confrontos.

Os militares tinham sido barricados à entrada da mesquita de Al-Aqsa, onde tentaram penetrar com o pretexto de que havia armas escondidas. A manifestação acabou por ser dispersada com gás lacrimogéneo. Antes, o Tsahal tinha também impedido a entrada de um grupo de israelitas, liderados pelo deputado do Likud Moshe Feiglin, que tentava entrar na mesquita.

Segundo alguns relatos, cerca de 50 palestinianos ficaram feridos. O exército de Israel terá ainda cortado a eletricidade no interior da mesquita.

Os confrontos na cidade velha de Jerusalém têm subido de tom, agora que se vive a festa judaica do Sukkot, que dura até quinta-feira.

O episódio aconteceu ao mesmo tempo que o secretário-geral da ONU Ban Ki-moon visita a Cisjordânia. Ban Ki-moon condenou a continuação da construção de colonatos por parte de Israel.