A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Balcâs: Drone em jogo de futebol alimenta tensão política Sérvia e Albânia

Balcâs: Drone em jogo de futebol alimenta tensão política Sérvia e Albânia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O irmão do primeiro-ministro albanês negou envolvimento no voo do “drone” com a bandeira da chamada “Grande Albânia” no desafio em Belgrado entre sérvios e albaneses de qualificação para o Europeu de 2016.

Um episódio que não só causou agitação e pancadaria dentro de campo mas também tensão política entre as duas nações que conheceram o ponto mais baixo do seu relacionamento na guerra do Kosovo em 1999.

A comunicação social sérvia afirma que Olsi Rama foi detido nas bancadas com um controlo remoto nas mãos. Mas um grupo de adeptos albaneses reivindicou a acção.


O primeiro-ministro sérvio, Aleksandar Vucic, reagiu ao sucedido afirmando que “foi uma tentativa de humilhação ao povo Sérvio que terão consequências de longo prazo e um reforço da instabilidade nos Balcãs”.

Do lado albanês, a ministra dos Desportos, Lindita Nikolla, elogiou o comportamento dos jogadores. “Mostrámos civismo, uma característica que o povo albanês quer mostrar ser um fator importante para a paz e compreensão. Como cidadã e ministra, quero expressar a minha pelos gratidão os valores que a nossa equipa mostrou”, sublinhou Nikolla.

Na sua página do Facebook, primeiro-ministro Edi Rama disse “louvar o fair-play da equipa” e lamentou aquilo que considerou ser o “espectáculo feio do sérvios”. O ministro dos Negócios Estrangeiros afirmou que o futebol não deve ficar refém do extremismo.