A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Barroso alerta PM britânico para perigos da saída da UE

Barroso alerta PM britânico para perigos da saída da UE
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente cessante da Comissão Europeia, José Manuel Barroso, alertou o primeiro-ministro britânico, David Cameron, para os riscos da saída do Reino Unido da União Europeia.

Discursando em Londres esta segunda-feira, Barroso afirmou que Cameron poderá estar prestes a cometer um erro histórico.

“É uma ilusão acreditar que se pode criar um espaço de diálogo se o tom e substância dos argumentos colocados questionam o princípio em causa ofendendo outros estados-membro. Seria um erro histórico se nestas questões a Grã-Bretanha continuasse a alienar os seus aliados naturais na Europa central e de leste quando foi precisamente um dos mais fortes defensores da sua entrada”, disse o presidente cessante da Comissão Europeia num discurso proferido em Chatham House, em Londres.

Os comentários de Barroso têm lugar quando falta cerca de uma semana para o termo do seu mandato na Comissão.

No centro da questão está o aumento de popularidade do Partido Britânico da Independência, UKIP, cuja principal bandeira é o controlo da emigração.

O líder conservador tem vindo a endurecer o discurso relativo à emigração, uma posição que entra em conflito com um dos princípios fundamentais do Tratado de Roma, o princípio da liberdade de movimento de bens, serviços, capitais e pessoas.

David Cameron prometeu realizar um referendo sobre a saída do Reino Unido da União Europeia caso venha a ganhar as eleições previstas para 2015.