Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Franceses ajudam investigações à morte do patrão da Total

Franceses ajudam investigações à morte do patrão da Total
Tamanho do texto Aa Aa

Uma equipa de peritos franceses está em Moscovo para assistir os investigadores russos a apurar com rigor o que esteve por detrás do acidente de avião que vitimou o presidente da Total, Christophe de Margerie, mais três tripulantes no aeroporto moscovita de Vnukovo.

As caixas negras do Dassault Falcon 50 vão ser a prioridade.

“Nós vamos eventualmente ajudá-los a fazer a leitura das gravações ou perceber o que estava o piloto a dizer, porque ele falava francês. Podemos fornecer quaisquer dados técnicos do avião. Portanto, nós estamos aqui apenas para fornecer informações que possam ser úteis na investigação, na investigação russa”, afirmou o representante da Agência de Investigação Francesa (BEA).

O jato particular do homem forte da Total preparava-se para descolar quando embateu num limpa-neves, na terça-feira.

A comissão de inquérito russo disse que o condutor do limpa-neves estava alcoolizado, mas a sua família anunciou que ele não bebia.

As autoridades russas indicaram também ter havido “negligência criminosa” por parte da direção do aeroporto.

A tripulação do Falcon 50 também está a ser investigada.