Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Fatah: Colonatos israelitas em Jerusalém oriental vão provocar "explosão"

Fatah: Colonatos israelitas em Jerusalém oriental vão provocar "explosão"
Tamanho do texto Aa Aa

No contexto de uma crescente tensão entre israelitas e palestinianos em Jerusalém, as autoridades de Israel decidiram acelerar o projeto de construção de mais de mil habitações numa zona de maioria árabe.

A Fatah reagiu considerado que o passo israelita vai provocar uma “explosão” na região.

No domingo à noite foi a enterrar o jovem palestiniano abatido por forças israelitas depois de ter conduzido um carro numa estação de elétrico, matando um bebé e uma mulher.

O incidente aconteceu na quarta-feira. Jerusalém tem sido palco de tensão depois de que famílias judaicas se têm mudado para zona oriental.

E este domingo não foi exceção. Confrontos na zona de Silwad, na Cisjordânia entre palestinianos e forças da ordem israelitas resultaram na morte de mais um palestiniano.

O jovem de 14 anos, norte-americano, Orwah Hammad, foi baleado na cabeça.

A politica de colonatos e do reforço da ocupação residencial em Jerusalém oriental está no centro do impasse e na deterioração do processo de paz entre palestinianos e israelitas.

A cidade considerada sagrada por judeus e árabes, foi palco de um terceiro funeral, no domingo. Foi a enterrar a mãe do bebé de 3 meses, ambos atropelados no incidente de quarta-feira na estação do elétrico.

Israel conquistou Jerusalém oriental e a Cisjordânia na guerra dos seis dias em 1967. Considera a cidade a sua capital, um estatuto não reconhecido internacionalmente.