Última hora

Mercados reagem com calma aos "stress tests" do BCE

Mercados reagem com calma aos "stress tests" do BCE
Tamanho do texto Aa Aa

Os mercados europeus reagiram com tranquilidade aos resultados dos testes de resistência do BCE. Mas a meio do dia, as bolsas estavam no vermelho, penalizadas pela queda da confiança dos empresários alemães.

Cediam entre 0,1% de Londres e 1,7% de Milão.

No índice Stoxx Europe 600 o setor bancário recuava 1,6%, com os analistas a consolidarem os ganhos das últimas semanas.

Vinte e cinco bancos não passaram nos testes do BCE, mas para os analistas, os resultados são positivos.

François Chaulet, gestor de ativos na Montsegur Finance, defende: “Podemos dizer que após os testes de resistência já não há mais bancos fantasma na Europa, o setor está sob controlo. Penso que os investidores internacionais ficarão tranquilos face ao setor bancário europeu”.

O italiano Banco Monte dei Paschi di Siena regista a maior queda do setor. Afundava quase 20%, já que é o que precisa de mais capital a nível europeu.

Em Lisboa, o BCP, o único banco português a não passar nos testes do BCE, recuava mais de 3% a meio do dia.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.