Última hora

Última hora

General assume funções de chefe de Estado interino no Burkina Faso

General assume funções de chefe de Estado interino no Burkina Faso
Tamanho do texto Aa Aa

Os militares tomaram o poder no Burkina Faso. O chefe de Estado não resistiu à pressão popular dos últimos dias e acabou por apresentar a demissão.

Blaise Compaoré no poder há 27 anos tentou alterar a Constituição para prolongar o mandato, mas foi travado por uma multidão em fúria.

De acordo com as últimas informações, o até agora Presidente do Burkina Faso abandonou a capital e já se encontra no sul do país.

O chefe do Estado Maior das Forças Armadas vai liderar o governo de transição até que sejam convocadas novas eleições.

O general Honoré Traoré justifica a decisão com o vazio de poder criado após a saída do presidente e com a necessidade de salvaguardar a estabilidade da nação. Assim, e até às eleições
vai assumir as funções de chefe de Estado interino.

Face à onda de violência, as forças armadas anunciaram a dissolução do governo e do parlamento.

Resta saber se o general Traoré, um homem considerado próximo do até agora chefe de Estado, vai conseguir serenar os ânimos da população.