Última hora

Forças curdas pedem mais ajuda internacional

Forças curdas pedem mais ajuda internacional
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Determinados no combate ao autoproclamado grupo Estado Islâmico, os peshmerga (combatentes curdos)recuperaram o controlo da cidade de Makmour, na região do Curdistão iraquiano.

Dista a mais de 100 quilómetros de Mossul e Arbil e encontra-se 50 quilómetros a norte de Kirkuk. Tornou-se na linha da frente da batalha dos combatentes curdos contra o inimigo.

Ainda que com armamento menos sofisticado, os peshmerga prosseguem a luta, mas com apelos de mais ajuda internacional.

“Precisamos de armas antitanque. Apelamos à ajuda da comunidade internacional, porque enquanto curdos e peshmerga estamos a sacrificar-nos por outros países na luta contra o terrorismo”, explica o major-general Raeed Thaer.

Os combatentes curdos disseram ao correspondente da Euronews no terreno que continuam a ser atacados por franco-atiradores e morteiros.

As forças do autoproclamado grupo Estado Islâmico são cada vez maiores. Um relatório das Nações Unidas alerta que nunca como agora o movimento jihadista atraiu tantos seguidores oriundos de tantos países.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.