Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

A queda do muro de Berlim em realidade aumentada

A queda do muro de Berlim em realidade aumentada
Tamanho do texto Aa Aa

Graças a uma aplicação desenvolvida na Alemanha é possível viajar no tempo e acompanhar a queda do muro de Berlim.

A tecnologia de realidade aumentada permite visualizar os momentos marcantes da reunificação alemã e da queda da cortina de ferro.

“Quando visitamos um sítio histórico é preciso ler o guia. É um problema porque perdemos o contacto com o local. Com a aplicação podemos estar no local dos acontecimentos e ver o que se passou no passado”, explicou Robin von Hardenberg, o autor da aplicação.

Entre as imagens que a aplicação permite visualizar está a espetacular fuga de Frida Schulze, uma alemã que saltou pela janela do apartamento onde vivia.

É fantástico para as gerações mais jovens porque podem ter aulas de história de melhor qualidade graças à aplicação. Além disso, é comovente, é como se tivessemos estado lá no momento preciso”, considerou Robin von Hardenberg.

A aplicação integra um sistema de geolocalização com mapa que retraça onze pontos ao longo do muro.

As possibilidades que a tecnologia oferece são muito interessantes porque podemos reviver momentos históricos e desenvolver novos formatos. É muito entusiasmante”, disse Robin von Hardenberg.

O Centro de Documentação do Muro de Berlim integra um pedaço de muro de 200 metros e é um dos pontos explorados pela nova aplicação.