A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Libertados os dois últimos cidadãos norte-americanos detidos na Coreia do Norte.

Libertados os dois últimos cidadãos norte-americanos detidos na Coreia do Norte.
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os EUA anunciaram sábado a libertação de dois cidadãos americanos detidos na Coreia do Norte.

O diretor dos serviços secretos dos EUA, James Clapper, deslocou-se a Pyongyang e esteve envolvido no processo de libertação dos dois últimos norte-americanos detidos naquele país.

Matthew Todd Miller, estava preso há sete meses e Kenneth Bae há dois anos.

Miller, de 24 anos, foi condenado a seis anos de trabalhos forçados pelo Supremo Tribunal da Coreia do Norte por supostamente rasgar o seu visto turístico e pedir asilo, com o objetivo de espiar o sistema prisional do país.

Kenneth Bae tem 42 anos e está doente. Missionário cristão e operador turístico, foi condenado a 15 anos de trabalhos forçados após ter sido acusado de utilizar a atividade empresarial na formação de grupos para derrubar o governo norte coreano.