Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Armísticio da Primeira Grande Guerra: Cerimónia em Paris

Armísticio da Primeira Grande Guerra: Cerimónia em Paris
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente francês François Hollande deu início às cerimónias de homenagem aos mortos da I Guerra Mundial, esta manhã em Paris.

O presidente francês subiu a avenida dos Campos Elísios, passou revista às tropas, reacendeu a chama em frente ao túmulo do soldado desconhecido sob o Arco do Triunfo e depositou flores no local, como prevê o protocolo.

Porém, 70 manifestantes foram presos por aproveitaram a ocasião para vaiar o presidente por causa da política económica do governo socialista, e contra os aumentos de impostos.

Com a morte dos últimos combatentes da Primeira Guerra Mundial, a França passou a celebrar o Armistício homenageando os soldados mortos pelo país no ano em curso. Este ano, famílias de soldados mortos no Mali receberam o cumprimento solene do chefe de Estado.
Também em Ypres, na Bélgica, se organizou uma homenagem emotiva neste aniversário.

As comemorações de hoje têm o ponto alto na inauguração do Anel da Memória na região de Pas de Calais.

Dia do Armistício: siga as comemorações em direto a partir das 14:30