Última hora

Última hora

Multa para cinco bancos por manipulação do mercado cambial

Em leitura:

Multa para cinco bancos por manipulação do mercado cambial

Multa para cinco bancos por manipulação do mercado cambial
Tamanho do texto Aa Aa

Os reguladores financeiros dos Estados Unidos, Reino Unido e Suíça aplicaram uma multa de 3,4 mil milhões de dólares, o equivalente a 2,7 mil milhões de euros, a cinco bancos por manipulação do mercado cambial. Trata-se do Citigroup, UBS, HSBC, JP Morgan e RBS.

O suíço UBS recebeu a maior coima. Esta ascende a 644 milhões de euros. O Citigroup terá de pagar 539 milhões, seguem-se o JP Morgan com 534 milhões, o RBS com 511 milhões e, por fim, o HSBC com 498 milhões de euros.

Martin Wheatley, chefe da Autoridade britânica de Conduta Financeira, declarou: “Os corretores puseram os seus interesses à frente do dos clientes, manipularam ou tentaram manipular o mercado, abusaram da confiança do público e dos reguladores. Os bancos falharam na implementação de um sistema adequado de controlo, o que permitiu aos corretores manipular as taxas das principais divisas mundiais. Fracassos como estes danificam seriamente a confiança no mercado e minam as tentativas para uma verdadeira reforma da cultura bancária”.

O acordo entre os cinco bancos e os reguladores é o primeiro no quadro da investigação, iniciada após o escândalo de manipulação da taxa Libor.

O mercado cambial representa cinco biliões de dólares por dia.

Os reguladores analisaram o período entre 2008 e 2013. Para outros bancos a investigação continua. É o caso do Barclays.