A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

China combate o Ébola na Libéria

China combate o Ébola na Libéria
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de 160 profissionais de saúde chineses chegaram à Libéria, onde vão trabalhar numa clínica especializada no combate ao Ébola, inteiramente financiada pela China.

A China tem sido criticada, nomeadamente pelos Estados Unidos, por contribuir pouco para o combate ao Ébola, ao mesmo tempo que é o principal investidor em África.