Última hora
This content is not available in your region

Banco Central da China corta taxas de juros

Banco Central da China corta taxas de juros
Tamanho do texto Aa Aa

DE forma inesperada, o Banco Central da China cortou as taxas de juro. É a primeira vez em dois anos.

A taxa de referência baixa 40 pontos base para 5,6%. A de depósito recua 25 pontos base para 2,75%. As mudanças entram em vigor este sábado.

O objetivo é relançar a segunda economia mundial, cujo ritmo de crescimento deverá ser este ano o mais baixo em 24 anos. Pequim visa um crescimento de 7,5%, mas os economistas falam de uma meta difícil de atingir face aos últimos indicadores.

O setor imobiliário é, segundo os analistas a maior ameaça ao crescimento, com um recuo dos preços, das vendas e do investimento. Há um recuo também da produção industrial.

Desde a primavera, as autoridades avançaram com várias medidas, incluindo reduções fiscais um programa de investimento, suavização das regras bancárias e das condições para empréstimos, para fomentar o consumo.