A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Toyota poderá perder liderança mundial em 2015

Toyota poderá perder liderança mundial em 2015
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Toyota poderá perder, em 2015, o título de maior construtor automóvel do mundo, que mantém há três anos consecutivos.

O grupo japonês espera vender 10,15 milhões de veículos, um recuo de 1% face ao ano passado. A Toyota prevê uma queda da procura no Japão, Indonésia e China.

O presidente executivo da Toyota decidiu bloquear a construção de novas fábricas até final de março de 2016. O objetivo é melhorar a rentabilidade das atuais instalações.

Em 2014, as vendas do grupo nipónico subiram 3% e superaram a barreira dos dez milhões pela primeira vez na sua história.

Um feito conseguido também pela Volkswagen. O grupo alemão vendeu 10,14 milhões de carros e não esconde o desejo de se tornar número um mundial, com investimentos previstos na China.