Última hora
This content is not available in your region

Sinais de melhoria económica na zona euro

Sinais de melhoria económica na zona euro
Tamanho do texto Aa Aa

Sinais de retoma económica na zona euro.

Em janeiro, segundo o Eurostat, a taxa de desemprego recuou uma décima para 11,2%. É a mais baixa desde abril de 2012.

A Grécia (25,8% em novembro) e a Espanha (23,4%) têm as taxas mais elevadas. Alemanha e Áustria as mais baixas.

Em Portugal, a taxa recuou três décimas para 13,3%.

Mas na zona euro há ainda 18 milhões de pessoas sem trabalho, incluindo mais de três milhões de jovens com menos de 25 anos.

O recuo do desemprego, pelo terceiro mês consecutivo, e a queda dos preços deverá refletir-se no consumo.

Em fevereiro, a inflação recuou 0,3%, em termos anuais. Uma queda inferior à de janeiro. Mas os preços da energia recuaram quase 8%.

Face aos dados do desemprego e da inflação, alguns analistas falam de “uma boa dose de boas notícias” que pode “diluir os receios sobre uma eventual deflação”.