Última hora
This content is not available in your region

Os smartphones que brilharam no Mobile World Congress 2015

Os smartphones que brilharam no Mobile World Congress 2015
Tamanho do texto Aa Aa

O lançamento do novo Galaxy S6 foi um dos grandes destaques da Feira mundial dos Telemóveis, em Barcelona.

A Samsung afirma que o aparelho é mais robusto do que os modelos da concorrência. O preço de venda ronda os 800 euros.

“A parte traseira e o ecrã são feitos de vidro, um vidro muito resistente, o mais resistente do mercado. Em termos de tecnologia e de hardware, trata-se de um produto com um processador super-poderoso, o mais poderoso no mercado. O aparelho tem uma câmara ultra-inteligente que permite tirar fotos em alguns décimos de segundo, para captar o momento”, explicou Riccardo de Franchis, responsável da Samsung Itália.

A Microsoft lançou dois novos Smartphones de baixo custo: o Lumia 640 e o Lumia 640 XL. Os aparelhos custam cerca de duzentos euros.

Após a compra da Nokia, a empresa norte-americana lançou-se numa batalha comercial contra a Apple e a Samsung, líderes de vendas no mercado dos telemóveis.

“A nível europeu, estamos acima dos 10% em vários países. É essa a nossa visão. Graças ao Lumia 640 e 640 XL, dois smartphones com ecrãs maiores, de 5 e 5,7 polegadas, esperamos poder responder à procura e aumentar a nossa fatia do mercado”, sublinhou Olivier Lagreou, diretor de marketing da Microsoft França.

A Huawei espera continuar a aumentar as vendas graças ao Ascend Mate 7. A empresa chinesa tem vindo a conquistar clientes ao propor aparelhos de boa qualidade com um bom desempenho ao nível do hardware e uma grande facilidade de utilização.

A Sony lançou o tablet Xperia Z4 considerado o melhor tablet Android do mercado. O preço ronda os 550 euros. O aparelho tem um ecrã de 10,1 polegadas com resolução 2K e uma câmara à prova de água.

A LG apresentou quatro modelos novos: o Magna, o Spirit, o Leon e o Joy. Os aparelhos possuem ecrãs curvos de 4 e 5 polegadas que se adaptam ao rosto e à mão do utilizador. O preço de venda ronda os 200 euros. Uma nova funcionalidade que permite tirar fotografias sem tocar no ecrã.

“Tudo o que temos que fazer é levantar a mão e fechá-la. Basta esperar três segundos e a instantaneamente tira a foto imediatamente”, explicou Jack Edwards, responsável da LG, no Reino Unido.

A Panasonic apresentou uma câmara semiprofissional que funciona também como smartphone. O aparelho permite filmar em formato 4K, possui uma lente Leica, fabricada em Portugal.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.