A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Takata apresenta pedido de desculpas pelos airbags danificados

Takata apresenta pedido de desculpas pelos airbags danificados
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O diretor da Takata, Shigehisa Takada, apresentou um pedido de desculpas formal pelos oito mortos e mais de 100 feridos devido aos airbags defeituosos. A Takata admitiu a existência de falhas nos airbags que os levaram a abrir com demasiada violência.

Foram chamados às oficinas mais de 30 milhões de automóveis e a Takata diz ter resolvido os defeitos de fabrico. O valor das ações da empresa caiu significativamente desde que esta situação foi tornada pública. Até março, a Takata registou um prejuízo final a rondar os 238 milhões de dólares.