Última hora
This content is not available in your region

Realidade Virtual deslumbra em exposição de Las Vegas

Realidade Virtual deslumbra em exposição de Las Vegas
Tamanho do texto Aa Aa

A realidade virtual está em destaque, este ano, na CES2016, a feira de consumíveis eletrónicos de Las Vegas, nos Estados Unidos. Mais de 40 expositores revelaram novas tecnologias relacionadas com este setor — um aumento de quase 80 por cento face à edição de 2015.

Um estudo da Comissão francesa de Energias Alternativas e Energia Atómica (CEA) estimou que as vendas de dispositivos de realidade virtual aumentaram 500 por cento durante o ano passado e terão gerado receitas na ordem dos 500 milhões de euros ao longo de 2015.

Uma das novidades que promete manter o mercado da realidade virtual em expansão é, por exemplo, o muito aguardado Hololens, um dispositivo da Microsoft que permite jogar Minecraft sobre uma mesa vazia.

Ernest Doku, especialista de tecnologia da uSwitch, considera “muito excitante” a “competição” a que assistiu na CES2016. “A realidade virtual transporta-nos para outro mundo. Deixamos de ver o mundo à nossa volta e podemos ser projetados para uma praia ou para o topo de uma montanha no Japão, num futuro distante. É uma experiência completamente diferente”, garante Doku.

Parece ser o início de uma nova forma de viajar sem sair do lugar. Basta colocar um dispositivo que se assemelha a uns óculos especiais e entramos dentro de um filme. O que marca a diferença será a qualidade dos conteúdos, um pouco à imagem do que se passa já com o cinema a 3D (3 dimensões).

A Visualise, uma empresa de Londres já habituada a trabalhar com desportistas e estrelas do Rock, tem apostado em conteúdos panorâmicos a 100 por cento. “Capturamos as imagens com câmaras de 360 graus. São essencialmente bolas e as câmaras registam o vídeo em simultâneo. Depois, sincronizamos, juntamos e fundimos todo o conteúdo e produzimos uma esfera que transpomos para realidade virtual. Com o dispositivo deixamo-nos submergir nesse mundo e podemos olhar em volta”, explicou Henry Stuart, cofundador da Visualise.

Com mais de 3500 expositores presentes, a Feira de Consumíveis Eletrónicos termina esta sexta-feira (9 de janeiro), em Las Vegas.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.