Última hora
euronews_icons_loading
Aeroporto de Istambul depois da tragédia

As autoridades turcas começaram, esta quarta-feira, a avaliar os danos materiais causados ​​no aeroporto de Atatürk, em Istambul, atacado por bombistas suicidas. Uma tragédia que acabou com dezenas de mortos e mais de 200 feridos. A Turquia responsabiliza o grupo Estado Islâmico porque aquilo que considera ter sido um massacre.
O tráfego aéreo no aeroporto, suspenso após o ataque, voltou ao normal durante a manhã de quarta-feira.