Última hora
This content is not available in your region

Uma app para apreciar Shakespeare

Uma app para apreciar Shakespeare
De  João Peseiro Monteiro com Reuters
Tamanho do texto Aa Aa

O quarto centenário da morte de William Shakespeare foi a oportunidade para lançar uma aplicação para ajudar o público a perceber as palavras do escritor inglês. Atores como Ian McKellen e Derek Jacobi participam na app Heuristic Shakespeare que agora foi lançada em Londres.

“Senti desde sempre, quando tinha de ler Shakespeare na escola, que aquela não era a maneira de entrar em contacto com Shakespeare ou de o apreciar. Shakespeare torna-se uma experiência agradável e consegue ser compreendido, verdadeiramente, apenas quando se vê uma peça num teatro e se está no mesmo espaço que o ator que representa o texto” – explicou a estrela de “O Senhor do Anéis” que lançou a aplicação com o realizador Richard Loncraine. “A Tempestade” é a primeira primeira peça do dramaturgo a ser colocada na Apple Store.

“Fizemos algumas pesquisas e descobrimos que ao não ter apenas o texto a discorrer, no topo do ecrã, deixe-me mostrar-lhe, é possível ver o ator que está a falar e ele olha para si. Não está a olhar para outros atores, não abandona o palco, não entra em nenhum duelo de espadas, apenas discorre o texto” – descreve Loncraine.

A intenção é publicar as 37 peças de Shakespeare nesta aplicação para iPad que inclui vários extras.

“Shakespeare não é um espetáculo histórico, não é algo do passado. Ele ainda é relevante porque tinha esse génio único de nos perceber a todos. É quase como se Shakespeare tivesse inventado os seres humanos” – conclui McKellen