A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora
Ativistas iraquianas da etnia Yazidi galardoadas com o Prémio Sakharov

no comment

Ativistas iraquianas da etnia Yazidi galardoadas com o Prémio Sakharov

O Prémio Sakharov para a Liberdade de Pensamento foi entregue este ano a duas ativistas da etnia yazidi, as iraquianas Nadia Murad e Lamiya Aji Bashar.

A distinção é entregue todos os anos, desde 1988, pelo Parlamento Europeu a individualidades ou organizações que se destaquem na defesa dos direitos humanos e das liberdades fundamentais. O prémio tem um valor monetário de 50 mil euros e foi entregue às galardoadas deste ano pelo Presidente do Parlamento Europeu, o alemão Martin Schulz.

Nadia Murad e Lamiya Aji Bashar são sobreviventes da escravatura sexual do grupo terrorista autoproclamado Estado Islâmico (“Daesh”/ ISIL) e tornaram-se porta-vozes das mulheres vítimas da campanha de violência sexual daquela organização “jihadista”. As iraquianas sucedem na distinção ao “blogger” saudita Raif Badawi.

Mais vídeos No Comment