EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

EUA reinscrevem Coreia do Norte na lista de países que patrocinam o terrorismo

EUA reinscrevem Coreia do Norte na lista de países que patrocinam o terrorismo
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Donald Trump afirmou que "esta designação permite aos Estados Unidos impor novas sanções e penalizações à Coreia do Norte

PUBLICIDADE

A administração de Donald Trump voltou a colocar a Coreia do Norte na “lista de Estados que patrocinam o terrorismo”.

Segundo o presidente dos Estados Unidos da América, o objetivo é aumentar a pressão sobre o regime de Kim Jon-un, contra o programa nuclear norte-coreano.

O chefe de Estado norte-americano afirmou que “esta designação permite aos Estados Unidos impor novas sanções e penalizações à Coreia do Norte e a pessoas relacionadas”, que irão ser anunciadas esta terça-feira pelo Departamento do Tesouro. Trump afirmou, ainda, que a designação vai apoiar “a campanha de pressão máxima” da Casa Branca “para isolar o regime assassino “.

.POTUS</a>: Today, the United States is designating <a href="https://twitter.com/hashtag/NorthKorea?src=hash&ref_src=twsrc%5Etfw">#NorthKorea</a> as a state sponsor of terrorism. <a href="https://t.co/ElRsoYJv0V">pic.twitter.com/ElRsoYJv0V</a></p>— Department of State (StateDept) November 20, 2017

A Coreia do Norte continua a desafiar as resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas, persistindo com os planos para desenvolver um míssil nuclear de longo alcance com capacidade para atingir o continente americano.

Segundo o investigador da The Heritage Foundation, Bruce Klingner, a iniciativa de Trump “Vai, certamente, irritar a Coreia do Norte, mas é como dizer que não deveríamos prender o Al Capone porque o Sr. Capone ficaria zangado. É necessário impor a lei dos Estados Unidos, independentemente da reação dos perpetradores. Então, aumentará a pressão sobre a Coreia do Norte. “

Esta não é a primeira vez que a Coreia do Norte figura na lista de inimigos dos Estados Unidos. Pyongyang esteve na lista negra, de 1988 a 2008, devido a um alegado envolvimento num atentado à bomba contra um avião da Coreia do Sul, em 1987, que resultou na morte de 115 pessoas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Kim Jong-Un quer plano de "longo prazo" para relações bilaterais com a Rússia

"Novo nível estratégico" nas relações entre a Rússia e a Coreia do Norte

Kim Jong-Un regressa a casa após visita à Rússia