Última hora

O primeiro-ministro belga, Charles Michel, e outros altos dignitários marcaram o segundo aniversário dos ataques suicidas em Bruxelas, esta quinta-feira, colocando flores no aeroporto de Zavantem.

Em 22 de março de 2016, três bombistas suicidas do Estado Islâmico, todos cidadãos belgas, fizeram-se explodiram no aeroporto de Bruxelas e no metro na capital belga.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.