Última hora

no comment

Bolsonaro: Um protesto de mulheres que chegou ao mundo

Milhares de pessoas marcaram presença em protestos contra a intolerância no Brasil e contra a possível eleição de Jair Bolsonaro, candidato populista, como presidente da República, quando falta cerca de uma semana para a primeira volta. Um protesto liderado por mulheres e que encheu cidades como São Paulo, Rio de Janeiro ou Brasilia, mas que chegou também a Lisboa, Londres, Paris e Nova Iorque.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.