Última hora

Última hora

Tribunal turco decide futuro de pastor dos EUA

Em leitura:

Tribunal turco decide futuro de pastor dos EUA

Tribunal turco decide futuro de pastor dos EUA
Tamanho do texto Aa Aa

Realiza-se esta sexta-feira a audiência crucial do pastor norte-americano que está no centro de uma grave crise entre Ancara e Washington. Detido por espionagem e acusações relacionadas com terrorismo, Andrew Brunson está há dois anos detido na Turquia.

Hoje comparece novamente perante um tribunal turco, sob fortes pressões dos Estados Unidos para a sua libertação. Oficiais turcos negam que haja um acordo para libertá-lo.

"As relações entre a Turquia e os Estados Unidos já estavam numa espiral descendente, mas isto tornou-se agora um ponto central. Levou a uma guerra comercial e contribuiu para uma situação próxima de uma crise económica aqui na Turquia. E se houver algum tipo de acordo em negociação, as pessoas dizem que estará relacionado com melhorias na economia. Muitas pessoas na Turquia vão acompanhar a par e passo para ver se ele é libertado e se as tensões e as sanções económicas são amenizadas aqui no país ", sublinha a correspondente da Reuters na Turquia, Emily Wither.

Por motivos de saúde, o pastor foi transferido para prisão domiciliária em julho. Andrew Brunson nega as acusações que lhe podem valer uma pena até 25 anos de prisão.